A história da Joana e da sua paixão pelos livros

Para uma melhor experiência de utilização, por favor utilize a versão mais recente do Internet Explore ou mude de browser.

Resultados populares

    Resultados sugeridos

      introduza mais palavras-chave

      Mais pesquisado

        Recomendações populares

          A HISTÓRIA DA JOANA E DA SUA PAIXÃO PELOS LIVROS

           

          A Joana tem 7 anos e é surda profunda. Ela vive com a mãe Isabel, o pai Luís e os dois irmãos mais velhos perto de Lisboa e esta é a história dela.

          Quando a Joana nasceu, o seu sistema auditivo não estava totalmente formado, o que significa que, mesmo com a incrível tecnologia auditiva disponível aos dias de hoje, ela não consegue ouvir.

          Esta foi uma notícia devastadora para os pais da Joana, pois eles não tinham qualquer experiência com língua gestual e não sabiam o que seria educar uma criança surda da melhor forma possível: "Como é que eu vou dizer à minha filha que a amo", foi umas primeiras perguntas da Isabel quando soube que a sua filha não podia ouvir.

          Apesar dos desafios quotidianos ao nível da comunicação, a Isabel e o Luís estavam determinados a provar que o amor não precisa de palavras faladas e que os gestos são suficientes. Com a curiosidade da Joana a crescer dia após dia, a Isabel sentiu a necessidade aprender língua gestual.

          A cada nova aula de língua gestual, a Isabel chegava com uma extensa lista de palavras, tudo coisas que a Joana tinha perguntado nessa semana o que eram. No final da aula, corria para casa para partilhar com a filha o que tinha aprendido e, poder assim, dar um nome a tudo aquilo a que a curiosidade da Joana queria chegar.

          O entusiasmo da Joana de querer fazer coisas novas sem deixar que a surdez a limite é contagioso. A Isabel e o Luís são pais muitos orgulhos e acreditam em duas coisas: que o universo recompensa quem acredita e que os limites estão em nós. Talvez por isso, e surpreendentemente, duas das coisas que a Joana mais gosta de fazer são dançar e tocar violino.

          Outra coisa que a Joana gosta de fazer é ler livros, mas apesar da sua paixão pela leitura, aprender a ler tem sido difícil. A maioria das pessoas não sabe, mas as crianças surdas não aprendam a ler foneticamente como aprendem as crianças ouvintes. As crianças surdas, por seu lado, precisam de memorizar todas as palavras o que faz com que crianças como a Joana tenham um vocabulário mais limitado, quando comparado com os seus amigos ouvintes.

          É por isso que o StorySign tem sido tão importante. "Com a aplicação StorySign ficámos todos a ganhar. A Joana, porque consegue ler e fixar e aprender palavras novas, nós, porque podemos fazê-lo com ela ”- Isabel.

          A HISTÓRIA DA JOANA E DA SUA PAIXÃO PELOS LIVROS

          Saiba mais sobre como o StorySign está a ajudar crianças surdas a aprender a ler em todo o mundo: www.storysign.com

          Definições das Cookies